Mons. Jonas Abib: A vida não é passatempo
  Canais   Capa   Quem somos    Anuncie Aqui Direitos da Mulher    Fale Conosco
   Horóscopo
Veja a Agenda Holística e as previsões para o dia de hoje
   
   Organismos
International
Labour
Organization
Woman Watch - Entidade das Nações Unidas Woman
Watch
UNICEF UNICEF
UNIFEM UNIFEM
CEDIM Conselho Estadual dos
Direitos da Mulher (RJ)
    Anuncie Aqui
Busco:
de anos
  Cantinho da Reflexão
Mons. Jonas Abib: A vida não é passatempo
A vida não é passatempo

Da nossa miséria, Deus quer nos fazer filhos d'Ele. Essa é a beleza de nossas vidas. Deus mesmo mostrou isso comparando-nos com o barro nas mãos do oleiro, que faz vasos maravilhosos.

O oleiro para os judeus era um artista porque trabalhava com o barro, ou seja, fazia com aquilo que era desprezível e sem valor, algo maravilhoso. Mas uma coisa essencial na fabricação de um vaso é o processo em que esse objeto vai ao forno e passa por um fogo muito alto para ser “fundido”.

Se o barro não for bem trabalhado no processo de purificação ele rachará ao ir ao forno. No entanto, se ele é um bom barro, resiste ao fogo e ficará, justamente por conta do fogo, um lindo vaso. Não há outro meio para alcançarmos a santidade se não passarmos pelo fogo, se não passarmos pela cruz. Nós somos de barro, mas Deus quer nos transformar e nos fazer um vaso artístico. Ele é capaz de fazer deste barro, que somos nós, um vaso precioso.

O Senhor nos criou para a eternidade, mas infelizmente nossa cabeça tem dificuldade de acreditar que nós viemos ao mundo para passarmos a eternidade com Ele. E assim como o vaso precisa passar pelo fogo para ser purificado, nós precisamos passar por este mundo para chegarmos à eternidade. Como o oleiro tem paciência com o vaso, o Senhor tem paciência conosco. Todo oleiro tem uma oficina onde trabalha. Da mesma forma, Deus tem uma oficina onde trabalha em você. Esta oficina é a sua casa, o seu trabalho, a sua comunidade. Deixe-se trabalhar por Deus na oficina da vida.

Daí nós entendemos o porquê da cruz, o porquê do sofrimento. É justamente porque existe muita sujeira dentro deste barro. Como o oleiro precisa ter a mão firme para trabalhar o barro, o Senhor também tem a mão forte para trabalhar em nós. Ele precisa que, durante o tempo de nossa vida, esta sujeira saia para que possamos entrar no céu como um vaso novo, um vaso provado pelo fogo.

A maior parte das pessoas pensa que a vida é viver assim: quanto mais tivermos satisfações, dinheiro e prazer, isso sim, é que é vida. A vida é passatempo... Temos de entender que a vida não é uma mentira de novela, ela é uma aventura de transformação.

O Senhor mesmo falou que o joio vai ser lançado fora, porque ele não é puro. O joio não é trigo, portanto, aquilo que é trigo, que é como o ouro, aquilo que é bom deve ser cada vez melhor, mas a realidade do mundo está mostrando que o mal está ficando cada vez pior. Portanto, é preciso dizer ''sim'' à santidade. Ou santos ou santos!


Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova e Presidente da Fundação João Paulo II. É autor de 48 livros, milhares de palestras em áudio e vídeo, viajando o Brasil e o mundo em encontros de evangelização. Acesse: www.padrejonas.com

 

 Autor : Mons. Jonas Abib
 Créditos : Cris padilha
 Fonte : Canção Nova
 
 Voltar
   Cadastro
Cadastre-se aqui para receber nosso boletim e participar de promoções
   Parceiros
ESPAÇO DA MULHER
Você usuária de nosso site tem este espaço exclusivo que é somente seu.O Universo da Mulher disponibilizou o ESPAÇO DA MULHER para que você tenha todas as facilidades no seu dia-a-dia, seja no trabalho, em casa ou na viagem.
   Shopping
Direitos da Mulher
Atualidades
Relacionamento
Beleza
Carnaval 2014
Comportamento
Casa e Decoração
Boa Forma
Filhos
Moda
Eles
Horóscopo
Saúde
Sexo
Turismo
Dicas
Cantinho da Reflexão
Papo de Calcinha
© Todos os direitos reservados a AIT - Advice Internet Technologies.
© Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que as fontes sejam citadas
© Copyright 2002-2014 - Desenvolvido por AIT - Advice Internet Technologies

www.ait.com.br