Rio de Janeiro, 18 de Agosto de 2019

Que beijo gostoso

Que beijo gostoso

O primeiro beijo ninguém esquece, não é mesmo?

Pode até mesmo ter sido o pior beijo da sua vida, mas apenas pelo fato de ter sido o primeiro, se torna um fato marcante, inesquecível.

Como uma arte que vai se aprimorando com o tempo assim é o beijo, ninguém nasce sabendo beijar, é algo que se aprende praticando e quanto mais aprimorado melhor fica.

Não existe um único tipo de beijo, tem beijos para todos os gostos e estilos mas para saber qual é aquele que mais vai gostar é preciso beijar muito até descobrir.

Agora cá entre nós, beijo gostoso mesmo é aquele que é desejado e esperado, pois quando ele acontece de fato, minha nossa!!

Aí é que o clima esquenta mesmo.

O jogo de sedução tem que fazer parte de tudo, o beijo nunca deve surgir do nada, é necessário existir um certo clima, isso é algo essencial.

Troca de olhares, gestos insinuantes...

Certa vez conheci um homem num evento e enquanto conversávamos descontraidamente tomando nossos drinques sentia uma irresistível vontade de beijar aquela boca carnuda, era uma sensação tão intensa que no meio da conversa fomos nos aproximando, aproximando... até que o beijo finalmente aconteceu e uaaaau!

Que beijo delicioso foi aquele!

O que aconteceu comigo foi que fui seduzida pelo clima que aquele homem criou: o modo com o qual ele tomava seu drinque deixando os lábios levemente molhados, o hálito gostoso que sentia quando ele falava bem pertinho de mim, o som que a boca dele produzia entre as palavras, som de língua molhada, lembrando um beijo e para complementar as coisas que ele falava, e estávamos falando de assuntos sensuais... tudo isso foi me envolvendo.

Não sei se aquele homem fez todas aquelas coisas propositadamente ou não, mas que deu certo, isso sem dúvida, deu!

O segredo de um beijo gostoso está na sedução, claro que as técnicas ajudam, mas de que adianta um beijo cheio de técnicas sem sabor?                                                     

Beijo que é beijo tem que provocar todos os sentidos:

A visão, sentido mais que importante num beijo. Observar os lábios antes de beijá-los, admirá-los...Lábios bonitos, sensuais instigam o desejo do beijo. Labios carnudos ou finos, o importante é que despertem a vontade de beijar.

O paladar, um beijo gostoso, saboroso, sentir o sabor da boca do outro pode ser uma experiência deliciosa. Não é necessário ter sabor de menta ou hortelã, o sabor natural é muito mais excitante, desde que, claro, se tenha uma boa higienização bucal.

O olfato, tão ou mais importante do que o paladar. O aroma da boca de alguém pode definitivamente cortar um futuro beijo ou então acelerar o processo.

Por isso é importantíssimo ter boas condições dentárias e higiene, pois assim torna totalmente dispensável o uso de chicletes e balas, eu, particularmente, prefiro beijar um homem que não use desses artifícios, porque aí eu sei que o hálito natural dele é aquele.

A audição, também muito importante. É gostoso ouvir os sons das línguas se encontrando, dos lábios molhados. Sem exageros de ruídos, sons discretos, suaves para serem ouvidos apenas à dois.

O tato, maravilhoso sentir o toque dos lábios, línguas se enroscando. Mãos percorrendo a nuca enquanto o beijo vai rolando.

Antes de se apaixonar perdidamente, antes daquela transa maravilhosa e antes daquele pedido de casamento, sempre existiu ele: o beijo!

Crédito:

Autor:Alexandra Blandy

Fonte:Universo da Mulher