Rio de Janeiro, 25 de Setembro de 2020

Verdades e Mitos sobre Lipoaspiração.

Verdades e Mitos sobre Lipoaspiração.

Perguntas freqüentes


1 – Com uma boa lipoaspiração dá para perder até uns 3 Kgs!

Depende do peso. Pode-se retirar até 7% do peso em Lipos infiltrativas. Assim, na média, retiramos de 4 a 5 Kg de gordura, o que corresponde a uma eliminação de 3,5 a 4,5 Kg, afirma a Cirurgiã Plástica Dra. Deusa Pires Rodrigues.

2 – Lipoaspiração afina a cintura.

Verdade.  Aliás, é um excelente método para afinar a cintura.

3 – Lipoaspiração diminui a barriga.

Em alguma porcentagem sim. Mas a existência de uma barriga protuberante depende da quantidade de gordura, da flacidez e do conteúdo intra-abdominal. A Lipo só diminui a gordura subcutânea. Portanto, se a causa da protuberância for apenas gordura cutânea, uma Lipo pode reduzir a barriga visivelmente. Mas se a gordura estiver depositada dentro do abdome, entre as alças intestinais, por exemplo, a Lipo não pode remover.

4 – Se eu engordar de novo, faço outra lipo...

As células de gordura destruídas durante a Lipoaspiração não se refazem mais. Isso significa que se retirarmos 90% de suas células você não vai mais engordar no local onde elas foram destruídas. Mas não podemos esquecer que existem outros lugares para acumular gorduras.

5 – Lipoaspiração é perigosa... Teve gente que já morreu fazendo isso...

Muitas pessoas também já morreram dirigindo, nadando, vendo TV, jogando futebol e etc. Uma Lipoaspiração, assim como qualquer intervenção cirúrgica envolve riscos, como em várias outras áreas de atividades da vida. Os riscos de uma Lipoaspiração feita por profissionais habilitados, em ambiente hospitalar, com segurança, o risco é infinitamente baixo. Geralmente o risco da Lipo está relacionado à quantidade de gordura retirada e também às características individuais de cada paciente, tais como: doenças crônicas, uso de substâncias químicas, (inclusive pílulas anticoncepcionais, moderadores de apetite, hábito de fumar) e os cuidados durante o procedimento, além de outros fatores, afirma a Dra. Deusa Pires Rodrigues.

6 – Vou aproveitar para comer bastante, porque marquei uma lipo para daqui a quinze dias...

Este pensamento é bobagem e também um risco de engordar. Nós acumulamos gorduras em  várias regiões do corpo. A Lipoaspiração só tem acesso á camada de gordura que se localiza abaixo da pele, que é uma porcentagem pequena (cerca de 10-15%). Ao ingerir calorias não se pode prever onde e de que modo a gordura será acumulada.

7 – Depois de fazer uma lipo, a pessoa sente tanta dor, que nem consegue se mexer...

É um pouco de exagero essa afirmação. A dor depende muito da quantidade retirada, da área que foi “mexida” e também da sensibilidade de cada um. Mas é a cirurgia plástica mais dolorosa, impondo uma dor parecida com dor muscular, ou por traumas (batidas).

8 – Lipoaspiração causa um efeito psicológico nas pessoas, que para preservar os efeitos da cirurgia, passam a se alimentar melhor e até a fazer exercícios.

Verdade. Isso acontece em pelo menos 70% dos pacientes e está associado a um aumento significativo da auto-estima.

9 – Quem faz muita lipoaspiração, perde a sensibilidade da pele...

Não é verdade. A perda da sensibilidade é temporária e está relacionada ao edema (inchaço) causado pela cirurgia.

10 – Lipoaspiração custa muito caro!

Isso é relativo. O valor está entre 4 e 12 mil reais. O que pode parecer muito para alguns, e pouco para outros, levando-se em conta o trabalho, a responsabilidade e a preocupação do cirurgião e da equipe envolvida no processo.


Por Vera Morais, em entrevista com a Dra. Deusa Pires Rodrigues.

DRA. DEUSA PIRES RODRIGUES – Especialista em cirurgia Plástica

Membro  Efetivo  da  Sociedade  Brasileira  de  Cirurgia  Plástica 

Crédito:Cris Padilha

Autor:Vera Morais

Fonte: