Rio de Janeiro, 25 de Setembro de 2020

Astronautas invadem o calçadão

Usar a máscara é um cuidado básico em tempos de coronavírus, mas há quem capriche ainda mais na proteção.

O contador Tércio Galdino, de 66 anos, tem feito sucesso vestido como astronauta durante as caminhadas que faz na orla do Rio. O traje foi todo feito por ele em casa pelo próprio Galdino, com ajuda de vídeos na internet. Ele, que tem uma doença crônica no pulmão, admite que o cuidado é exagerado, mas diz que se diverte e leva sorrisos a quem o encontra pelo caminho:

— A ideia surgiu depois de ver a reportagem sobre um médico que usou uma fantasia de dinossauro para encontrar o filho. Como faço parte do grupo de risco, pensei que uma roupa que cobrisse o corpo todo poderia ser mais segura. Dinossauro não ia ser uma boa ideia para caminhar, então decidi fazer algo relacionado a astronomia, que eu adoro.

Para ter a companhia da mulher, Alicea, nas saídas, Galdino também fez uma roupa especial para a corretora de imóveis.

O primeiro item a ficar pronto foi o capacete, feito coma ajuda de um tutorial em vídeo e com materiais como cola, massa acrílica e papel.

A roupa é um macacão como o utilizado por profissionais de saúde, personalizado com adesivos e fitas.

Juntos há 34 anos, o casal vive no Riachuelo, na Zona Norte do Rio.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Gisele Barros e Márcia Foletto

Fonte:Extra