Rio de Janeiro, 18 de Setembro de 2021

Como saber se você está se maltratando?

Confira 10 pontos para ficar alerta

*Por Luzia Costa
Engraçado como essa pergunta faz sentido!
 
A primeira coisa que pensamos é: "eu me maltratar? Imagina, não tem ninguém que me ama mais do que eu".
 
E aí, ficamos apostando somente em palavras de afirmação, como: eu me amo, eu me cuido, eu me aceito, falando de relacionamentos abusivos a minha volta, enquanto na verdade estou sofrendo maus tratos o tempo todo por mim mesmo.
 
E como saber se estamos vivendo uma relação abusiva com nós mesmos?
 
Foi pensando nisso que separei 10 dicas para você sair desse relacionamento tóxico que está vivendo diariamente.
Confira:
 
1. Você se maltrata quando se compara com outra pessoa.
 
Lembre-se: comparação não tem a ver com se inspirar.
 
Quando se inspira em alguém, você passa a espelhar coisas boas, quando se compara, entra em um julgamento pesado.
 
Porque que isso é perigoso? Exemplo: quando eu comparo um filho com o outro, eu crio um bloqueio nessa criança, uma necessidade de aceitação, uma crença de achar que o outros são melhores do que ele.
 
A mesma coisa acontece quando você se compara com outras pessoas, começa a se sentir inferior aos outros, e a gerar uma necessidade de aceitação absurda dentro de você mesmo.
 
2. Você se maltrata quando dedica mais tempo para um estranho do que para as pessoas que ama.
 
Quando se perde muito tempo com reuniões demoradas, coisas que podem ser otimizadas, viagens desnecessárias que poderiam ser resolvidas a distância.
 
Por isso, tente se planejar para ter mais tempo para passar ao lado de quem realmente te faz bem, irá te ajudar a ter uma vida mais prazerosa.
 
3. Você se maltrata quando diz frases como:
 
"Nossa como sou burro";
 
"Não consigo";
 
"Sou feio";
 
Complicado, não é mesmo?!
 
Então reflita: se não conseguiria ouvir isso de outra pessoa sem se sentir ofendido, porque você pode falar então?
 
Por mais que não perceba, seu subconsciente absorve esses xingamentos, e em algum momento vai externar isso, que vai acabar te prejudicando nos seus relacionamentos.
 
4. Você se maltrata quando tem dúvidas da sua identidade.
 
Quando você deixa as pessoas te definirem pelo que você tem, pelo que faz, deixa as pessoas gerarem em você o sentimento de obrigação, em ter que fazer certo o tempo todo.
 
Lembre-se: o que você tem não te define, seu trabalho não te define, sua conta bancária não te define.
 
Sua verdadeira identidade tem a ver com o que você transfere de verdade com o que está dentro de você.
 
5. Você se maltrata quando não tira um tempo para aprimorar seus dons e talentos.
 
Tem pessoas que nascem com um dom incrível, e por ter nascido com ele, vive em um piloto automático, porque isso gera a facilidade, assim não investe em desenvolver os talentos, porque acredita que irá fazer somente o que tem dom, então não se desafia.
 
6. Você se maltrata quando aceita os relacionamentos tóxicos a sua volta.
 
Os relacionamentos tóxicos existem em todo lugar, então é muito importante saber identificar para não achar que isso é comum.
 
Tem pessoas que são sanguessugas, e o tempo todo estão a sua volta por puro interesse;
 
Não é algo só por interesse financeiro, mas com sugar suas energias com discussões por assuntos desnecessários, querer que você diga o que ela tem que fazer no trabalho, aquela pessoa que ocupa demais do seu tempo te tornando improdutiva, que reclama demais, que nunca está satisfeito com nada. Tome cuidado, porque isso faz muito mal para o seu psicológico!
 
7. Você se maltrata quando não reconhece que precisa de ajuda.
 
Tem momentos que passamos por situações que sozinhos não vamos conseguir resolver. Nessa hora precisamos reconhecer que é necessária ajuda.
 
Pode ser através de uma conversa em um café com um amigo (a), um bate papo de desabafo com seu líder, em uma sessão de terapia, mas precisa colocar para fora alguns sentimentos ou situações que estão desalinhadas e estão te fazendo mal.
 
8. Você se maltrata quando decide resolver problemas que não são seus.
 
Quando alguém chega para você e te conta do problema dela, lembre-se de estar pronto apenas para ouvir e até mesmo aconselhar, mas esse problema é da pessoa. Se você se envolve e tenta resolver, vai gerar um estresse que não era para você, gastando tempo e energia à toa.
 
9. Você se maltrata quando toma decisões na hora da raiva.
 
Quando estamos irados não é tempo de tomar decisões. É necessário se afastar, acalmar o coração, é só então decidir o que será feito, porque decisões tomadas na hora da raiva, nos leva a um arrependimento profundo depois, que muitas vezes o orgulho não permite que a gente trate, e isso gera um prejuízo profundo na alma.
 
10. Você se maltrata quando não honra a sua história.
 
Aqui te convido a acordar para a vida! Só você sabe de tudo que passou. Experimente olhar para dentro de você e veja o quanto é forte, o quanto já suportou, e veja quantas pessoas podem se inspirar em você, uma história com cicatrizes muitas vezes, que as marcas doem até hoje, mas digna de ser honrada e respeitada.
 
Escrito por Luzia Costa.
 
Luzia Costa é empreendedora e mentora. CEO do Grupo Cetro, detentor das marcas Sóbrancelhas, Reduci, DepilShop, entre outras startups. Seu propósito é transformar vidas através do empreendedorismo.
 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Luzia Costa

Fonte:Universo da Mulher