Rio de Janeiro, 21 de Julho de 2019

Tomates e seus super poderes

Até bem pouco tempo atrás, essa fruta (sim, fruta!) da família das solaná-ceas assumia uma posição bem humilde em termos de propriedades nutricionais e valores funcionais. Entretanto, as pesquisas científicas mostraram que seus poderes e benefícios fitoterápicos vão bem além das aparências.

Os tomates são, de longe, a fonte mais rica em licopeno, poderoso anti-oxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento e pode proteger contra o câncer, inclusive o de próstata.
O licopeno é um carotenóide que confere a cor vermelha ao tomate e pode ser também encontrado, em menores quantidades, na melancia, na goiaba, no morango e no mamão. Quanto mais intensa for a cor vermelha do tomate, mais rico em anti-oxidante ele será.


Por ser um carotenóide, o licopeno é melhor absorvido na presença de gorduras saudáveis. A adição de uma dose moderada de gordura monoinsaturada facilita o transporte, a absorção e a ação do licopeno no organismo.

Por isso, para tornar sua preparação à base de tomates ainda mais poderosa e saudável, acrescente um fio de azeite de oliva extra virgem processado a frio.


Outra característica observada pelos estudos foi que o calor aumenta a biodisponibilidade do licopeno, ou seja, esse fitoquímico é melhor absorvido pelo nosso organismo quando os tomates são cozidos. Sendo assim, capriche nos molhos e sopas de tomate.


É importante mencionar que o processo de industrialização do tomate, para a elaboração de molhos prontos, ketchup e outros, não destrói o licopeno, mas fique de olho nos rótulos e escolha aqueles com menores teores de calorias e sódio.

Além do “super poderoso” licopeno, os tomates são também fontes de vitamina C e de potássio, mineral importante no controle da pressão arterial, nas contrações musculares, na saúde das artérias e na manutenção dos líquidos celulares.


Os benefícios do tomate


O tomate é um excelente tempero e tem funções que podem ser administradas como remédios.

Como benefícios, o tomate traz a estimulação da secreção gástrica e da ação depurativa do sangue, além de auxiliar em tratamentos de pele, gota, reumatismo, astenia e prisão de ventre. Favorece o crescimento e a ossificação, além de ser auxiliar contra as infecções bacterianas, perturbações digestivas e pulmonares.


Algumas pesquisas dizem que o tomate pode ser auxiliar na prevenção de doenças cardíacas, já que uma substância que envolve suas sementes é muito eficaz no impedimento de formação de coágulos. Os tomates são as fontes alimentares mais ricas em anticoagulantes

 

 

Crédito:Fatima Nazareth

Autor:Andrea Radovan

Fonte:CR Comunicação