Rio de Janeiro, 21 de Maio de 2019

Consumo de soja pode prevenir o câncer, doenças cardiovasculares, TPM e osteoporose

Com o objetivo de reforçar sua presença no mercado de produtos naturais, a Caramuru Alimentos lançou Ekvit, primeira linha de bebidas à base de soja livre de transgênicos do Brasil.
 
Produzida nos sabores Original, Laranja, Maçã, Frutas Tropicais e Pêssego, a linha lançada em embalagem tetra pack de um litro, é enriquecida com vitaminas A, D e cálcio e tem 0% de colesterol.
 
“O lançamento faz parte da estratégia da Caramuru de investir continuamente em produtos que agregam valor e atendem às exigências do consumidor, principalmente aquele que procura alimentos saudáveis, práticos e diferenciados”, afirma César Borges da Silva, vice-presidente da empresa.
 
A soja é um vegetal rico em proteínas, podendo substituir a carne na alimentação e, ao mesmo tempo, assegurar uma dieta livre de colesterol e gordura saturada. Associada à prática de exercícios físicos regulares, a ingestão de soja ajuda a controlar a obesidade e reduz o risco de muitas doenças como complicações cardiovasculares, cânceres, osteoporose e diabetes.
 
Segundo estudos da Universidade de Michigan (EUA), o consumo de soja pode prevenir o câncer de cólon. Pesquisas com ratos mostraram que a leguminosa auxilia na diminuição em 70% os índices de câncer de próstata, além de aprimorar a longevidade, possuindo efeitos benéficos nos cânceres de bexiga e intestino.
 
Algumas substâncias presentes nos grãos de soja, auxiliam na prevenção e controle desse tipo de doença. Dentre esses compostos estão os inibidores de proteases (inibidores de tripsina), as saponinas e o aminoácido metionina.
 
A soja orgânica retém todas as propriedades da soja comum sendo mais sadia, livre de agrotóxicos e sua produção não contamina o meio ambiente. O consumo diário de soja pode reduzir a pressão arterial e as ondas de calor da menopausa, porque os grãos são ricos em isoflavonas, que são fitoestrógenos que se ligam aos receptores estrogênicos das células, evitando o surgimento de sintomas indesejáveis da tensão pré-menstrual e do climatério.
 
A soja apresenta ainda uma série de vantagens em relação às outras fontes de proteína vegetal. Possui elevado teor de proteínas (38% a 42%) de baixo custo e de excelente qualidade, como também as isoflavonas, que auxiliam na redução do colesterol sangüíneo. A ingestão diária de 25 gramas de proteína de soja reduz acentuadamente o colesterol total. A Federação Mundial de Cardiologia confirma que o consumo de proteína de soja faz bem ao coração, controlando os níveis de colesterol e prevenindo doenças crônicas.
 
Pesquisadores da Universidade de Purdue (EUA) concluíram que, em experimentos com animais, as proteínas e as isoflavonas da soja alteram favoravelmente o metabolismo do cálcio para a formação da matriz óssea, e também apresentam um efeito protetor contra as perdas de cálcio do organismo.
 
Contudo, a soja é um produto saudável, lucrativo tanto aos produtores nacionais quanto aos importadores estrangeiros. Assim, à medida que o mercado se expande, cresce também a participação do Brasil. O comércio de soja caminha para sua era mais promissora, contribuindo para o desenvolvimento da produção brasileira.
 
 

Crédito:Fatima Nazareth

Autor:Priscilla Piva

Fonte:Materia Primma