Rio de Janeiro, 19 de Abril de 2024

Menopausa e mudanças hormonais

Como lidar com a menopausa e outras mudanças hormonais podem afetar a vida sexual das mulheres

A menopausa é um momento de transição na vida da mulher que marca o fim de sua capacidade reprodutiva. 

Durante esse período, o corpo feminino passa por diversas mudanças físicas e hormonais que podem afetar significativamente a saúde e o bem-estar da mulher. 

Desde sintomas vasomotores até alterações no sistema cardiovascular e ósseo, as mudanças que ocorrem no corpo feminino durante a menopausa podem ser variadas e impactantes. 

Por isso, é essencial que as mulheres, seja trabalhando com abertura de mei ou como executiva corporativa, estejam cientes dessas mudanças e busquem orientação médica para lidar com elas de forma saudável e segura. 

Neste texto, exploraremos as principais mudanças que ocorrem no corpo feminino durante a menopausa, os cuidados e consequências para a saúde e o bem-estar da mulher.

Atenção e o cuidado com a mulher na menopausa

A menopausa é um período de transição na vida das mulheres que pode durar vários anos e envolve mudanças hormonais significativas que afetam a saúde e o bem-estar físico e emocional. 

Portanto, a atenção e o cuidado com a mulher na menopausa são extremamente importantes para ajudá-la a lidar com as alterações que ocorrem nesse período. Dessa forma, a seguir estão algumas sugestões de como a atenção e o cuidado podem ser fornecidos.

  1. Consultas regulares com um médico

É importante que a mulher tenha consultas regulares com um médico durante a menopausa para monitorar a saúde e ajudar a gerenciar quaisquer sintomas que possam surgir. 

O médico pode prescrever tratamentos para aliviar os sintomas da menopausa, como ondas de calor, insônia e secura vaginal e também avaliar e tratar quaisquer outros problemas de saúde que possam surgir.

  1. Educação e informação

É importante que a mulher esteja bem informada sobre a menopausa e os sintomas que pode experimentar, podendo até contratar serviços de topografia para navegar pela internet.

Um médico ou outro profissional de saúde pode fornecer informações úteis sobre como gerenciar os sintomas e adotar um estilo de vida saudável que possa ajudar a minimizá-los.

  1. Apoio emocional

A menopausa pode ser um momento emocionalmente desafiador para algumas mulheres. É importante que elas tenham um sistema de apoio emocional para ajudá-las a lidar com quaisquer emoções negativas ou ansiedade que possam surgir. 

Isso pode incluir amigos, familiares ou grupos de apoio dentro do ambiente de trabalho, como um laboratório com balão volumétrico para pesquisas.

  1. Exercício e alimentação saudável

O exercício físico regular e uma alimentação saudável podem ajudar a minimizar os sintomas da menopausa e melhorar a saúde em geral. Um profissional de saúde pode ajudar a mulher a desenvolver um plano de exercícios e dieta que seja adequado para ela.

  1. Terapia hormonal

Algumas mulheres podem se beneficiar da terapia hormonal para ajudar a controlar os sintomas da menopausa, mas isso deve ser discutido com um médico, pois existem riscos associados à terapia hormonal. 

O médico pode ajudar a mulher a avaliar os riscos e benefícios da terapia hormonal e tomar uma decisão informada, como trabalhar ao ar livre em uma fazenda por um período sabático, repondo o cocho para gado e cuidando de hortas e pomares.

Sendo assim, a atenção e o cuidado com a mulher na menopausa devem envolver uma abordagem abrangente quanto aos sintomas físicos e emocionais, bem como o estilo de vida geral e as necessidades de saúde. 

Como a menopausa afeta a saúde feminina?

A menopausa é um período de transição na vida da mulher que marca o fim de sua capacidade reprodutiva, sendo caracterizada pela diminuição da produção de estrogênio e progesterona pelos ovários, o que pode ter um impacto significativo na saúde e no bem-estar dela.

Os sintomas vasomotores, como ondas de calor e suores noturnos, são um dos sintomas mais comuns da menopausa, mas também podem ocorrer durante o trabalho em um escritório de contabilidade ou na prática de esportes.

Eles ocorrem devido à diminuição dos níveis de estrogênio, que afetam o centro de regulação da temperatura no cérebro.

O período da menopausa também pode aumentar o risco de incontinência urinária e infecções do trato urinário devido à diminuição da produção de estrogênio, que pode afetar a saúde da uretra, bexiga e ureteres.

Outro ponto de atenção quanto à saúde da mulher é que a menopausa pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, como enfermidades cardíacas e derrames, devido à diminuição dos níveis de estrogênio, que afetam a saúde do coração e dos vasos sanguíneos.

O risco de osteoporose também pode aumentar, isto é, uma condição em que os ossos se tornam fracos e quebradiços. 

Isso ocorre porque a diminuição dos níveis de estrogênio pode afetar a absorção de cálcio e outros nutrientes necessários para a saúde óssea. Por tantas mudanças hormonais, a menopausa pode afetar a saúde neurológica da mulher, causando alterações de:

  • Ansiedade;

  • Depressão;

  • Humor;

  • Insônia; 

  • Irritabilidade.

A diminuição dos níveis de estrogênio pode afetar a saúde mental e emocional da mulher, o que também acaba por atingir a aparência da pele e dos cabelos, que podem levar à perda de elasticidade, rugas e ressecamento da pele, além de cabelos mais finos e secos.

Mudanças hormonais e menopausa na vida sexual

Com tantos impactos sobre o corpo feminino, as mulheres precisam estar cientes desses efeitos e trabalhar em conjunto com um profissional de saúde para gerenciar quaisquer sintomas e manter uma boa saúde durante esse período de transição.

As mudanças hormonais que ocorrem durante a menopausa podem afetar significativamente a vida sexual das mulheres, e precisam de um monitoramento de alarme pessoal para garantir a saúde. 

A diminuição dos níveis de estrogênio pode causar ressecamento vaginal e reduzir a lubrificação natural, o que pode tornar o sexo desconfortável e doloroso. 

Além disso, a diminuição dos níveis de estrogênio pode afetar o tônus muscular vaginal e a elasticidade, o que pode levar a uma diminuição da sensibilidade e da intensidade do orgasmo.

Outro fator que pode afetar a vida sexual das mulheres durante a menopausa é a diminuição da libido. A redução dos níveis de estrogênio pode afetar o desejo sexual, tornando-o menos frequente ou intenso. 

A queda na produção de testosterona, que é responsável pela libido tanto em homens quanto em mulheres, pode também afetar a vida sexual durante a menopausa.

As mudanças hormonais não são as únicas responsáveis pelos problemas sexuais que as mulheres enfrentam na menopausa. Fatores como estresse, ansiedade, depressão e problemas de relacionamento também podem contribuir para a disfunção sexual na menopausa.

Felizmente, existem tratamentos e estratégias que podem ajudar a melhorar a vida sexual das mulheres na menopausa. 

O uso de lubrificantes vaginais e terapia hormonal pode ajudar a reduzir o ressecamento vaginal e melhorar a lubrificação. Terapia sexual e de casais também podem ser úteis para abordar questões emocionais e psicológicas relacionadas ao sexo na menopausa.

É importante que as mulheres falem abertamente com parceiros e profissionais de saúde sobre as tantas preocupações que podem surgir e busquem orientação e tratamento adequados para melhorar a saúde sexual e o bem-estar ao longo da vida.

Pessoas próximas podem ajudar na menopausa

É importante que terceiros, como parceiros e parceiras, amigos, familiares e colegas de trabalho em uma empresa de transporte e logística sejam compreensivos e respeitosos com as mulheres na menopausa.

É um período de transição e mudança, e as mulheres podem enfrentar desafios emocionais e físicos. A seguir estão algumas dicas sobre como essas pessoas próximas podem ajudar as mulheres na menopausa:

  1. Seja empática e compreensiva

A menopausa pode ser um momento difícil para as mulheres e pode afetar a saúde física e mental. Tente entender o que ela está passando e mostre empatia e compreensão.

  1. Ofereça ajuda

Caso a mulher esteja passando por sintomas graves ou esteja tendo dificuldades em lidar com as mudanças, ofereça ajuda, como contratar serviços de limpeza terceirizados para evitar a fadiga.

Também pode incluir ajuda prática, como reforçar no cuidado com as crianças ou preparar refeições com mais frequência ou até mesmo o apoio emocional, como ouvir e oferecer palavras de encorajamento.

  1. Seja paciente

A menopausa pode afetar o humor das mulheres e torná-las mais irritáveis ou emotivas. A dica aqui é tentar ser paciente e evitar levar para o lado pessoal se ela parecer mais sensível ou irritada do que o normal.

  1. Esteja informada

A menopausa é um assunto complexo e pode ser difícil de entender. Tente se informar sobre as mudanças que a mulher pode estar passando e como isso pode afetar a vida diária de todos que estão ao redor.

  1. Não minimize os sintomas

Os sintomas da menopausa podem ser desagradáveis e afetar a qualidade de vida da mulher. Não minimize os sintomas ou diga que são "apenas uma parte natural do envelhecimento". Em vez disso, tente oferecer apoio e encorajamento.

Conclusão

Uma mulher que passa pela menopausa tem alterações hormonais que afetam diversos aspectos da vida e todas as pessoas ao redor devem respeitar esse momento, como em todos os outros.

É importante que terceiros sejam compreensivos e respeitosos com as mulheres na menopausa e ofereçam ajuda e apoio sempre que necessário. 

Compreender as mudanças que a mulher pode estar passando e estar informada sobre as opções de tratamento e suporte pode fazer toda a diferença durante esse período de transição.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Jennifer Kauffman

Fonte:Guia de Investimento