Rio de Janeiro, 28 de Setembro de 2020

Islamofobia

Debate sobre véu islâmico cresce na Europa durante a pandemia, e ativistas acusam governos de hipocrisia

A coexistencia de leis que proíbem rosto coberto por véus e obrigam o rosto coberto por máscaras em espaços públicos não é exclusividade da França. Na Europa, Bulgária, Bélgica, Áustria, regiões da Alemanha e da Itália e a Dinamarca também impedem faces cobertas.

Desde 2010, uma mulher que usa niqab (véu muçulmano que deixa apenas os olhos à mostra) ou burca que se recuse a tirá-los para entrar no Metrô de Paris será multada em ate $ 150 (R$ 900,00).
E durante a pandemia de Covid-19, a partir de 11 de maio, será multada também, em $ 135 (R$ 810,00), se não cobrir o rosto com uma máscara no mesmo Metrô de Paris.

.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Ana Estela de Souza Pinto

Fonte:Folha de São Paulo