Rio de Janeiro, 28 de Outubro de 2020

Na hora da irritação

Na hora da irritação que te ocorra:
não grites;
não escrevas;
não prometas;
não te ausentes;
não compres;
não vendas;
não te agites;
não opines;
não gracejes;
e não reclames.

Recolhe-te ao silêncio por alguns minutos, e entrega-te à oração, rogando o auxílio de Deus.

Sentirás, então, que a crise te haverá deixado e retomarás a normalidade da própria vida, para reger com segurança as próprias decisões.
 
 
 
 
Psicografia-Francisco C.Xavier
 
 
 
 
 
 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Francisco C.Xavier

Fonte:Universo da Mulher