Rio de Janeiro, 14 de Julho de 2024

O Que se Passa No Planeta Terra? - Por Karen Bishop

Chorar, soluçar, querer saltar fora da nossa pele, se sentir fora de equilíbrio com tudo se aproximando e sem nenhum lugar para ir, junto com uma solidão aguda e uma estranha desconexão, e inclusive escuridão, escuridão e mais escuridão são algumas das atuais manifestações de chegar aos reinos mais elevados, mas existe uma boa razão e tudo está em ordem enquanto continuamos com este surpreendente processo desta poderosa Mudança das Eras.
 
Podem se encontrar chorando pela menor das decepções e chorando pelos menores atos de amabilidade também. Choramos quando estamos liberando, e estamos liberando uma enorme quantidade do mundo ilusório e das formas ilusórias de ser e se relacionar que adquirimos dentro da realidade 3D.
 
Choramos quando finalmente somos capazes de ver e experimentar quem somos na realidade e choramos quando experimentamos amor e choramos quando sentimos unidade com nossas queridas famílias espirituais, e choramos quando sentimos unidade com a natureza, as vibrações mais elevadas e finalmente a Fonte… já que  é o que estamos nos tornando e com o que estamos nos fundindo agora em uma forma perfeita e muito mais intensa.
 
E choramos quando experienciamos o sofrimento, já que acreditamos tanto que o sofrimento não deveria existir no Céu. Estamos afligidos com a compaixão por cada coisa vivente, à medida que observamos este processo de mudança e seleção e o que está se criando já que a divisão se torna tão intensa como nunca… escolham se tornar a sua alma e sua sempre maior conexão à Fonte, ou escolham residir em outra realidade.
 
Estamos chorando já que agora estamos nos unindo com a Fonte e com os planos mais elevados como nunca antes.
 
O VÉU FOI LEVANTADO. Alcançamos a massa crítica. Este era o plano. Tudo está em ordem. Finalmente chegamos. O que agora está ocorrendo é o resultado da nossa fusão com os planos mais elevados e um resultado da união com nossas almas e com a energia da Fonte de uma forma muito poderosa e de impacto.
 
Depois está a solidão… o que é esta forte e cansativa solidão? Isso vem em duas partes.
 
Estamos liberando e deixando ir uma ENORME quantidade da realidade ilusória que existia atrás do véu. Não somos nossos desequilíbrios. Nós não somos as nossas “questões” ou a nossa confusão. Nós não somos os nossos medos ou as nossas impressões equivocadas. E não somos os nossos mecanismos de defesa que desenvolvemos para sobreviver na realidade de 3D.
 
Quando deixamos ir muito de uma vez (e sabemos que estivemos neste caminho de deixar ir muito de nossos egos através do processo de ascensão por algum tempo agora… para que isto fosse um processo mais amável quando chegássemos “ao outro lado”), naturalmente tendemos a querer nos segurar em algo. Queremos nos segurar à terra. Podemos nos perguntar aonde estamos, já que podemos sentir que estamos flutuando e balançando em uma terra de não terra… todos sós em um lugar estranho e não familiar em que já nada parece ter sentido e nada é “como deveria ser”.
 
Não querendo estar sozinhos nesta nova terra a que chegamos… sem saber onde estamos… e não tendo nada em que nos apoiar podemos criar um intenso desejo de estar na companhia de outros já que sentimos um estranho “vazio”.
 
Mas há uma razão maior e mais elevada para a solidão.
 
Nos planos mais elevados não há separação. Não há limites. (Estão tendo muitas experiências “limitantes” agora?) Nesta realidade não fazemos tudo nós mesmos. Esta nova existência gira ao redor de conexões de equipe de trabalho e equipe de alma. Colocamos nosso “único chapéu” e carregamos a nossa verdadeira e determinada vibração de alma, e não fazemos nem somos nada mais. Qualquer coisa que se necessite é proporcionada por outro membro de nossa equipe que está sendo e vibrando assim desta maneira. Amamos e nos apoiamos mutuamente. Coabitamos e amamos e jogamos e criamos e cantamos juntos. (Eu falo muito a respeito disto em meu livro, pronto para se adquirir no final deste mês).
 
Agora estamos nos planos mais elevados, assim então, estamos nos sentindo muito estranhos ao estar sozinhos, pois já não estamos vibrando e residindo nessa velha realidade de separação da 3D. Eu estive extremamente confortável passando muito tempo só na maior parte da minha vida. Eu usualmente prosperei assim. Há várias semanas, eu acordei em minha casa e sabia totalmente que nunca viveria sozinha de novo, e que meu lar e minha realidade estariam preenchidas com a minha família de alma e com muitos seres estelares também. Essa velha forma de ser se foi para sempre… para nunca retornar.
 
A beleza agora é que FINALMENTE ESTÁ AQUI. Alguns anos atrás dei um grande “salto” para essa realidade, não havia muitos lá ainda e se seguiu um longo período de espera. Quão glorioso é para muitos de nós estar experimentando esta realidade agora, já que ISSO FINALMENTE CHEGOU. Estamos aqui! Estamos aqui!
 
Podem estar pensando, “Tudo está muito bem e bom para você, Karen, mas sinto isso completamente assustador e estranho e muito escuro para mim. Sinto-me vulnerável e assustada e brutalmente desconfortável”.
 
Quando alcançamos a massa crítica em meados de Agosto, a luz (ou seja, nós os Trabalhadores da Luz e outros seres não físicos mantendo a luz para o planeta) então foi capaz de se retirar para permitir à escuridão reinar livremente e se destruir completamente e totalmente a si mesma. Isto é o que agora está ocorrendo.
 
Qualquer coisa e todas as coisas podem acontecer e acontecerão. Isto é parte do processo e está completamente e divinamente planejado. Esperem mais desastres naturais (e não precisamos interferir com este processo tentando enviar luz e tentando evitar estes eventos muito naturais e necessários). Estes ajustes e alinhamentos planetários são muito necessários. Esperem o que parecerá ser horroroso. E saibam que o sofrimento não é tão mau como parece. Por mais estranho que possa parecer, nos níveis mais elevados não há sofrimento. E um subproduto muito natural desta energia escura e de destruição é uma bela unidade com os outros, já que procuramos nos sentir melhor.
 
Quando as coisas são maravilhosas e sempre vão da nossa maneira, raramente estamos abertos a fazer qualquer tipo de mudança. Estes tempos aparentemente escuros e vazios criam oportunidades incomuns para novas formas de ser e de fazer as coisas. Abrem-nos e nos conectam. Há uma graciosa beleza aqui.
 
O que podemos fazer? Como podemos nos sentir melhor?
 
Criem seu espaço sagrado. Fiquem no helicóptero e não desçam a nave. Permitam que a destruição e a deterioração façam o que precisa ser feito. Não tentem “salvar”. Isto nunca foi uma forma mais elevada e muitos estão vendo isto finalmente. Salvar somente serve para roubar um indivíduo ou entidade do seu direito natural e da sua própria habilidade verdadeira como um poderoso criador.
 
Agora nós estamos nos planos mais elevados. Notaram como rapidamente e facilmente podemos mudar de um estado de sentimentos e emoções inferiores e mais densas para uns sentimentos mais elevados e mais alegres? Podemos sempre tão facilmente tocar uma incrível correnteza e realidade de grande amor, compaixão e assombrosa alegria e felicidade em qualquer dado momento.
 
Também agora estamos na realidade do “coração”, e estamos interatuando e nos conectando a partir dos nossos corações em lugar de nossas mentes. Podemos jogar toda a análise, o pensamento e o controle pela janela e estar em nossos corações já que os deixamos sozinhos para que nos guiem aonde queremos e precisamos estar. Sempre ir com o que se sente bem, mesmo se isso não fizer nenhum sentido. Este é nosso melhor navegador, e desta forma nunca nada poderá dar errado.
 
Estas energias mais elevadas de maneira inacreditável são sentidas incríveis, se escolhem aproveitá-las. Tive muitos, muitos dias em que não posso fazer nada mais do que me sentar ou parar já que posso senti-las tão intensamente e literalmente não posso fazer mais nada. Este estado de ser me faz chorar, já que é tudo o que alguma vez imaginei sentir ou experimentar. É entristecedor e indescritível… e há muito amor. Eu mal posso respirar.
 
Se escolhermos sair do helicóptero e entrar em um mundo em ponto de partida para compartilhar nossas vibrações de grande compaixão, alegria, amor e ser, podemos fazê-lo, mas primeiro devemos consolidar estas formas, para que possamos as incorporar completamente quando “visitar” o mundo em ponto de partida. Desta forma, nunca estaremos influenciados ou baixaremos a nave. Para residir e existir nestas realidades de vibração mais baixa, absolutamente devemos saber como manter nossas vibrações mais elevadas para estas breves “visitas”. Não podemos permitir “nos tornar” no que está partindo. Devemos saber quem somos. Devemos “ser” os planos mais elevados, quando apresentarmos isso aos outros.
 
E nos agora planos mais elevados, estamos aprendendo uma forma completamente nova (ou esquecida) de ser. Estamos aprendendo a criar na palma das nossas mãos. Estamos experimentando o tempo não linear, em que tudo justamente parece que acontece de uma vez, sem uma ordem em particular com nenhum processo em particular. Nós agora estamos na realidade de manifestação quase que instantânea. Podemos acessar os estados mais elevados de ser e de sentir e de experimentar num piscar de olhos.
 
Se as coisas parecerem caóticas e confusas, saibam que ainda não lemos o manual de condução para as formas de ser mais elevadas. Eles estão a nossa disposição agora. Precisamos aprender como navegar e criar dentro delas. Precisamos recordar que o que dizemos e desejamos se torna a nossa realidade… já não importa tentar se encaixar em uma realidade existente de um velho mundo de 3D em que nos sentíamos sem poder. Esperem milagres. SAIBAM.
 
E se vocês têm estado “totalmente acordados” quando estão na cama e geralmente dormindo, saibam que é por causa destas incríveis energias novas e mais elevadas em que estamos agora. Agora parecemos ser capazes de funcionar de uma forma estranha, mesmo embora privados do sono, mas ainda funcionando em alguns níveis e sobrevivendo a este processo. Estas energias agora estão se derramando tão intensamente, que as podemos sentir fisicamente de muitas maneiras, tudo de acordo da maneira como podem estar conectados ou onde possam ter quaisquer resíduos de densidade ou bloqueio.
 
Nós dormimos quando estamos nos mesclando com uma dimensão mais elevada, e quando chegamos, estamos “totalmente despertos” enquanto nos tornamos e residimos na nova vibração.
 
Enquanto as coisas podem ser sentidas de cabeça para baixo e às avessas, é somente porque agora finalmente estamos nas vibrações do lado certo, e as velhas realidades simplesmente estão tentando se ajustar e se alinhar.
 
Sim, estamos em estranhos, desordenados e o que parecem ser tempos imprevisíveis, mas posso lhes assegurar que tudo está em ordem e estamos exatamente no caminho para esta assombrosa, incrível e única Mudança das Eras.
 
Desejo à vocês o Céu em seu coração, a luz das estrelas na sua alma e milagres na sua vida nestes tempos miraculosos. Até a próxima vez,
 
 Karen  
 
Tradução: Silvia Tognato Magini  silvia.tm@uol.com.br
 
 
 

Crédito:Silvia Tognato Magini

Autor:Karen Bishop

Fonte:Karen Bishop