Rio de Janeiro, 25 de Setembro de 2020

Especialista explica o que é a Doença Celíaca e dá dicas de como conviver com ela

Especialista explica o que é a Doença Celíaca e dá dicas de como conviver com ela

A intolerância ao glúten afeta um grande número de brasileiros que, muitas vezes, nem sabem que possuem a doença.

 
Estudos isolados indicam que, em média, uma em cada 250 pessoas no mundo sofre com a doença celíaca, caracterizada pela intolerância ao glúten, uma proteína presente no trigo, cevada, centeio, malte e aveia.  Por agredir e danificar as vilosidades do intestino delgado, a doença prejudica a absorção dos nutrientes e exige alguns cuidados na hora da alimentação para evitar sintomas desconfortáveis como diarréia, dor abdominal e disfunção do trânsito intestinal. 

“É muito importante prestar atenção nos alimentos que ingerimos e passar as informações corretas ao médico, principalmente no caso de doenças como a celíaca, em que os sintomas são comuns e podem ser facilmente confundidos com várias outras doenças”, afirma Rosana Raele, nutricionista clínica.

Estima-se que grande parte da população desconhece que possui a doença.  Comprovando essa tese, Richard Logan - professor de Epidemiologia Clínica na Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde na Universidade de Notingham - em 1989, criou o modelo “iceberg celíaco”, conforme ilustração abaixo. A ponta representa os pacientes de doença celíaca, na fase intermediária ficam as pessoas que sofrem de alguma disfunção intestinal mas não procuram auxílio clínico e, por último, a base do iceberg representa a população que não apresenta sintomas, mas que pode apresentar complicações da doença tardiamente. 

O diagnóstico tardio pode, a longo prazo, fazer com que o paciente sofra de doenças como osteoporose, dermatite herpetiforme, anemia, dentre outras, já que a doença prejudica a absorção dos alimentos. Porém, o celíaco, hoje, possui várias alternativas para seguir a dieta recomendada pelos nutricionistas, consumindo alimentos saborosos e sem glúten. O desafio para as donas de casa é elaborar pratos como pizza, coxinha e bolos, que comumente levam glúten, e que são proibidos para os pacientes. O amido de milho é um substituto natural para a farinha de trigo, nesses casos.  

Abaixo algumas sugestões de receitas sem glúten, preparadas com Maizena. 

COOKIE DE NOZES COM CHOCOLATE

(biscoitos sem glúten com nozes e chocolate meio amargo picado)  

 

Rendimento: 25 unidades
Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo de forno: 30 minutos
Tempo total: 40 minutos
 

Ingredientes:

1 xícara (chá) de farinha de mandioca torrada
2 xícaras (chá) de amido de milho MAIZENA
1 xícara (chá) de açúcar
6 colheres (sopa) de nozes picadas grosseiramente
1 xícara (chá) de margarina culinária (200 g)
2 ovos
250 g de chocolate meio amargo picado

Para untar:
margarina
 

Para decorar;
chocolate meio amargo picado
 

Modo de preparo:

1-Unte 2 assadeiras grande (40 x 28cm). Reserve.

2-Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC).

3-Em uma tigela grande, misture a farinha de mandioca, o amido de milho MAIZENA, o açúcar e as nozes.

4-Acrescente a margarina culinária e os ovos e misture delicadamente com as pontas dos dedos até formar uma massa homogênea. Junte o chocolate e misture.

5-Com auxílio de 2 colheres (sopa) pegue porções de massa e coloque nas assadeiras reservadas deixando um espaço entre elas. Aperte levemente com as costas da colher e decore com o chocolate picado.

6-Leve ao forno por 30 minutos ou até começar a dourar as bordas. 

 

MUFFINS DE MAÇÃ COM CANELA

(minibolos sem glúten de maçã picada com canela) 

 

Rendimento: 12 unidades
Tempo de preparo: 15 minutos
Tempo de forno: 25 minutos
Tempo total: 40 minutos
 

Ingredientes:

1 xícara (chá) de fubá
1 xícara (chá) de amido de milho MAIZENA®
meia xícara (chá) de açúcar
2 colheres (chá) de canela em pó
2 ovos batidos
3 colheres (sopa) de leite
meia xícara (chá) de óleo
1 maçã com casca cortada em cubos pequenos
2 colheres (chá) de fermento em pó

Para untar:
margarina
 
Para polvilhar:
fubá
 

Modo de preparo:

7-Unte e polvilhe o fubá em 12 fôrmas para muffins (5 cm x 7,5 cm). Reserve.

8-Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC).

9-Em uma tigela grande, misture o fubá, o amido de milho MAIZENA®, o açúcar e a canela. Acrescente os ovos batidos e o leite e misture bem. Junte o óleo e misture até ficar uma massa homogênea.

10-Coloque a maçã picada e o fermento e misture até ficar homogêneo.

11-Distribua a massa entre as fôrmas reservadas, enchendo somente metade delas. Leve ao forno por 25 minutos ou até que um palito, depois de espetado na massa, saia limpo. Espere amornar e sirva em seguida ou frio.

 

DICA

Para a maçã não escurecer depois de cortada, coloque-a em uma tigela com água e gotas de limão. No momento de acrescentar na massa, escorra bem e utilize em seguida.

MASSA PARA PIZZA

(massa básica para pizza e minipizza sem glúten) 

 

Rendimento: 2 unidades
Tempo de preparo: 25 minutos
Tempo de descanso: 40 minutos
Tempo de forno: 20 minutos
Tempo total: 1 hora e 25 minutos
 

Ingredientes:

meio quilo de mandioca crua sem casca
2 xícaras (chá) de amido de milho MAIZENA®
2 colheres (chá) de açúcar
1 ovo
2 tabletes de fermento biológico (30 g)
2 colheres (sopa) de margarina culinária
1 colher (chá) de sal

Para cobrir:
molho de tomate

Para polvilhar:
fubá
 

Modo de preparo:

12-Corte a mandioca em pedaços, coloque em uma panela de pressão e cubra com água. Tampe a panela e leve ao fogo médio por 15 minutos contados a partir do início da pressão. Retire do fogo, aguarde sair todo o vapor, abra a panela e verifique o cozimento da. Se necessário cozinhe até a mandioca ficar bem macia

13-Escorra a mandioca e esprema até formar um purê. Reserve até amornar.

14-Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC).

15-Em uma tigela grande, coloque o purê de mandioca reservado, o amido de milho MAIZENA® e o açúcar. Faça um buraco ao centro e coloque o ovo, os fermentos em pedaços e a margarina culinária. Misture bem até ficar homogênea. Cubra e deixe descansar por 40 minutos.

16-Divida a massa em 2 porções. Enfarinhe uma superfície seca com fubá, coloque a massa e abra com auxílio de um rolo.

17-Coloque os discos de pizza em fôrmas para pizza. Cubra com uma pequena porção de molho de tomate, deixando as bordas limpas e leve ao forno por 20 minutos para pré-assar.

18-Retire e cubra com a cobertura desejada e leve novamente ao forno até o queijo derreter.

 

DICA

Experimente fazer minipizzas. Esta massa rende 20 unidades pequenas.

 

Cubra com os ingredientes de sua preferência (Ex: queijos, presunto, cebola fatiada e etc)

 

Crédito:Cris Padilha

Autor:Ida Kazue Dalco

Fonte:Universo da Mulher