Rio de Janeiro, 02 de Março de 2021

Merkel é a mulher mais poderosa do mundo

Em segundo, ficou Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, e em terceiro, Kamala Harris, a vice-presidente eleita dos EUA.

Angela Merkel, a chanceler da Alemanha, foi escolhida pela décima vez consecutiva como a mulher mais poderosa do mundo pela revista "Forbes", que divulgou os nomes de 2020 nesta terça-feira (8).

Essa é a 15ª vez que Merkel aparece na lista (cinco vezes, ela não foi considerada a primeira da lista).

Ela foi eleita para o cargo de chanceler pela primeira vez em 2005, e está atualmente no seu quarto mandato. Ela anunciou, em 2018, que não vai concorrer mais.

Na prática, Merkel é considerada a líder da Europa.

Recentemente, ela prorrogou até o dia 10 de janeiro as medidas de isolamento para conter o coronavírus na Alemanha. A determinação, chamada de "lockdown parcial", inclui o fechamento de restaurantes, museus e áreas de lazer.

 

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Redação

Fonte:Universo da Mulher