Rio de Janeiro, 24 de Maio de 2024

Lábios de salsicha

Dra. Olinda Lorentz alerta sobre a obrigação dos profissionais em orientar pacientes com possíveis distúrbios de imagem. "Precisamos mostrar, acho que é melhor para eles se apresentarmos os limites"

 

 

Você já ouviu falar sobre os "lábios de salsicha"?

Recentemente a influenciadora libanesa, Romina Nikkah Matanag, e a búlgara, Andrea Ivanova, considerada a "Barbie Humana", foram alvo de críticas nas redes após exibirem os lábios com a aparência muito diferentes.

E não são só elas que surgiram com a boca dessa maneira, basta uma pequena busca na internet e logo encontramos imagens de outras mulheres com casos parecidos.

Mas, afinal, o que são os "lábios de salsicha"?

A expert em preenchimento labial, Dra. Olinda Lorentz, fala sobre o fenômeno e explica a melhor forma para evitá-los. A procura pelos lábios volumosos e uniformes tem crescido muito nos últimos anos, assim como outros procedimentos estéticos.

As mulheres, principalmente, possuem uma preocupação com a beleza e investem o seu tempo e dinheiro para ficarem mais bonitas. No entanto, ao procurar um método para trazer os lábios de boneca para realidade, algumas não conseguem o resultado esperado.

De acordo com a especialista, Olinda Lorentz, o efeito exagerado não é uma característica de maus profissionais, mas a técnica utilizada por eles é muito simples e por isso o resultado fica longe de ser natural. Segundo ela, no Brasil, por exemplo, existem profissionais que não esculpem os lábios e apenas injetam o ácido hialurônico.

"A forma como muitos profissionais injetam o produto é realmente como se estivessem enchendo uma salsinha. Ele vai para fora da linha dos lábios e às vezes o projeta para frente, dando a impressão de um bico de pato", conta Olinda. Mas ela deixa claro que esse trabalho tem a ver com a forma na qual o profissional foi ensinado a executar a técnica. Para ajudar as pessoas que se deparam com essa situação, Lorentz possui um método que reverte esse efeito. Ela atende diariamente em média 10 pessoas com as mesmas queixas e lembra que não são todos os pacientes que desejam os lábios grandes.

"O tratamento funciona com a remoção do ácido hialurônico usando hialuronidase, ou seja, uma enzima utilizada para degradar o ácido", explica acrescentando que o procedimento funciona como um derretimento do ácido hialurônico. Para Olinda, apesar de realizar o método de forma simples, há também outra maneira para deixar os lábios bonitos sem precisar remover o produto. No entanto, a técnica não é tão utilizada no Brasil, mas já se tornou comum nos países da Europa.

A expert também alerta sobre a necessidade de tomar cuidado todos os dias com os seus pacientes, pois lida com casos de distúrbios dismórficos, dismorfobia e supervalorização da estética. "Eles nunca estarão completamente satisfeitos e nós, como profissionais, precisamos mostrar o que é melhor para cada um e apresentar os limites", finaliza Olinda Lorentz.

 

Foto: Reprodução Internet / CO - Assessoria

 

Foto: Instagram @draolindalorentz / CO - Assessoria

Crédito:Luiz Affonso

Autor:Lana Janoti

Fonte:Cacau Oliver