Rio de Janeiro, 25 de Abril de 2019

Eu tive apenas quatro namorados

Eu tive apenas quatro namorados
Após ter interpretado durante seis anos a colunista chique e descolada, Carrie, em Sex and the City, Sarah Jéssica Parker demorou a escolher um novo trabalho. Só agora, ela chega aos cinemas na comédia A Família Stone, como Meredith - uma personagem anti-Carrie. “Apesar de ser bem-sucedida, ela é rígida, controladora e careta”, conta Sarah.
 
No filme, o ator Dermot Mulroney (o mesmo de O Casamento do Meu Melhor Amigo) leva a namorada, Meredith, para passar o Natal com sua família para apresentá-la aos pais e pedi-la em casamento. Entretanto, como ninguém vai com a cara dela, a moça convida a sua irmã (Claire Danes) para ir até lá dar uma mão. Mais simpática e bonita, a garota cai nas graças dos parentes (e do namorado e do irmão dele). “Sarah já não estava acostumada a ser odiada”, diz brincando o diretor do filme, Thomaz Bezucha.
 
 
Nascida na cidadezinha de Nelsonville, em Ohio, no dia 25 de março de 1965, Sarah já tinha três irmãos quando a mãe, Bárbara, se separou de seu pai, Stephen Parker e se casou com Paul Forste, com quem teve mais quatro filhos. Com sete anos, a pequena Sarah conseguiu um papel na Broadway em uma montagem de Os Inocentes. Aos 11 anos, a atriz teve seu primeiro papel principal, como a órfã Annie na peça de mesmo nome.
 
Depois disso, fez várias pontas em filmes ruins, até que, em 1991, Steve Martin a escolheu para viver a sua namorada na comédia romântica L.A. Story, que foi se tranasformou em um grande sucesso. No ano seguinte, Sarah emplacou em Lua de Mel em Las Vegas, quando recebeu o convite para estrelar Sex and the City. 
 
Casada desde 1995 com o também ator, Matthew Broderick, com quem tem um filho, Sarah garante que ela e sua ex-personagem, Carrie, são bem diferentes no que diz respeito a relacionamentos. “Eu tive apenas quatro namorados”, diz. O primeiro, com quem viveu durante sete anos, Foi Robert Downey Jr., que mais tarde foi preso por uso de drogas. O segundo foi Nicolas Cage, e o terceiro, o todo-poderoso John F. Kennedy, com quem ficou por apenas três meses.
 
O seriado Sex and the City também abriu as portas do mundo da moda para a atriz, que chegou a fechar um contrato milionário com a Gap. No fim do ano passado, ela fez sua incursão pelo mundo da beleza, lançando o perfume Lovely. Em vez de apenas aprovar o trabalho dos perfumistas como fizeram Paris Hilton e Jennifer Lopez, ela participou de todo o processo de concepção. “Difícil mesmo, foi escolher o vestido da campanha. Queria algo atemporal”, ressalta Sarah.
 
 

Crédito:Fatima Nazareth

Autor:Cacau Reis

Fonte:CR Comunicação