Rio de Janeiro, 23 de Maio de 2024

Atletas apóiam o Dia Nacional do Doador de Sangue no Hospital do Coração

Atletas apóiam o Dia Nacional do Doador de Sangue no Hospital do Coração
 

Atletas apóiam o Dia Nacional do Doador de Sangue no Hospital do Coração

 

Campanha do HCor conta com a presença da ex-jogadora de basquete Hortência, do mesa-tenista Hugo Hoyama, as jogadoras da seleção feminina de vôlei Fofão, Sheilla, Mari, Paula Pequeno, Sassá, Thaísa, Carol Albuquerque e Natália Zílio e do jogador de futebol Marcelinho Carioca.


         Em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue, que é celebrado hoje, dia 25 de novembro, o HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, promove a campanha “Seja amigo da vida. Doe sangue”.
 
Com o objetivo de conscientizar a população e aumentar o número de doações voluntárias, a ação conta com a presença de medalhistas olímpicos, como as jogadoras da seleção feminina de vôlei Fofão, Sheilla, Mari, Paula Pequeno, Sassá, Thaísa, Carol Albuquerque e Natália Zílio, além da presença da ex-jogadora de basquete Hortência, do mesa-tenista Hugo Hoyama e do jogador de futebol Marcelinho Carioca.

        

Com a participação voluntária dos atletas, o banco de sangue do HCor espera duplicar no dia da campanha o número de doadores, que atualmente é de aproximadamente 30 doações por dia.

        

Os bancos de sangue de todo o território brasileiro viram seus estoques caírem pela metade devido a vacinação contra a rubéola, que imunizou pessoas entre 20 e 40 anos.

 

A queda ocorreu, pois, após a data da vacinação, é preciso esperar um mês para fazer a doação de sangue. Essa não pode ser feita antes, pois a vacina contém o vírus atenuado da rubéola, podendo prejudicar o paciente receptor.

        

No dia 25 de novembro, o banco de sangue do HCor estará preparado para receber os colaboradores, familiares, pacientes e a população em geral interessada em contribuir com a campanha e doar sangue. A doação dura cerca de 30 minutos e pode ajudar até três pacientes.

        

Os doadores voluntários receberão ainda uma ecobag (uma sacola exclusiva de material reciclado) pelo ato de generosidade. “Cerca de 800 pessoas são atendidas pelo nosso banco de sangue nos meses normais.

 

Esperamos que com a campanha, o número de doações tenha um crescimento de 30%”, destaca Dr. Sérgio Domingos Vieira, responsável pelo banco de sangue do HCor.

           

 

A doação de sangue ainda é um tabu para muitas pessoas que não têm conhecimento sobre o processo de coleta.

 

O procedimento é totalmente seguro, realizado com equipamentos modernos e descartáveis. O sangue passa por diversos testes sorológicos, de acordo com técnicas mundiais, que permite saber se o sangue poderá ser utilizado em transfusões, conferindo se há material genético (NAT) dos vírus da Hepatite C, HIV, entre outros. 

 

O doador, após um mês, recebe gratuitamente o resultado de todos os exames que foram efetuados. “O organismo de uma pessoa adulta consegue repor o sangue doado (hemácias, plaquetas e plasma) com agilidade, portanto, é possível que homens doem a cada dois meses e as mulheres a cada três meses”, ressalta Dr. Vieira.

            

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a taxa considerada ideal para um país manter os estoques regularizados é ter entre 3% a 5% da população doando anualmente. Hoje, o percentual brasileiro varia entre 1,76% e 1,78% ao ano. Por isso, hospitais do país inteiro unem esforços, especialmente nesse mês, para elevar os números de doações.

 

 

Requisitos básicos para doar sangue:

  • Documento de identidade com foto;
  • Estar bem de saúde e ter entre 18 e 65 anos;
  • Pesar no mínimo 55 Kg;
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • Não ter doado sangue há pelo menos 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres);
  • Não ter recebido sangue ou plasma há menos de 12 meses
  • Não estar amamentando, grávida e esperar até o terceiro mês após o parto para fazer a doação;
  • Não estar em estado gripal intenso ou ter tido febre nos últimos sete dias;
  • Não ter extraído dente há menos de sete dias;
  • Não ter feito piercing, acupuntura ou tatuagem há menos de 12 meses;
  • Não ter ingerido álcool quatro horas antes da doação;
  • Não estar em jejum. Evitar apenas alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação;
  • Não ter feito cirurgia de grande porte há menos de 6 meses e de pequeno porte há menos de 3 meses;
  • Não ter diabetes ou cardiopatia;
  • Não ter tido comportamento de risco para contaminação pelo HIV ou uso de drogas injetáveis ilícitas.

agenda:

 

Dia Nacional do Doador de Sangue

“Seja amigo da vida. Doe sangue.”

Data: 25/11

Local: HCor - Hospital do Coração - em São Paulo.

Endereço: Rua Abílio Soares, 176 – Paraíso (entrada exclusiva para doadores)

Horário de atendimento do banco de sangue HCor: de segunda a sábado das 8h às 17h

Horário que os atletas estarão no HCor no dia 25/11: às 11h

Informações: Tel: 3053-6537 ou 653

Crédito:Cris Padilha

Autor: Thais Fernanda

Fonte:Universo da Mulher